Azimute

Azimute

Azimute 500Azimute significa “ponto no horizonte” e é sinônimo de rumo, direção. É o nome que se dá quando a bússola é ajustada de acordo com as coordenadas que se deseja seguir durante uma expedição.

Essa analogia define este projeto: Uma proposta que visa oferecer ao jovem uma oportunidade de refletir sobre e desenvolver seus rumos, seus projetos de vida, sua atuação na comunidade em que vive.

O Projeto Azimute propõe aos participantes uma experiência transformadora de forma desafiadora utilizando a aventura como principal instrumento. Ele é gratuito e destinado a jovens que se encontram em situação de vulnerabilidade social e/ou econômica. Seu objetivo é apoiar estes jovens na superação de seus desafios na vida e no trabalho, oferecendo-lhes a oportunidade de desenvolver seus projetos de vida, fortalecer suas competências pessoais, sociais, cognitivas e produtivas, inspirando-os a assumirem um papel de agentes de transformação social. Essa iniciativa educacional foi idealizada pela Outward Bound Brasil, uma organização sem fins lucrativos, e o Instituto Asas, organização idealizada e mantida pela Red Bull Brasil para cuidar dos investimentos sociais da empresa no país.

Programa
A principal ferramenta utilizada no Projeto Azimute é uma expedição autossuficiente em grupos de até 15 participantes, que são acompanhados por dois instrutores ou mais. A autonomia do grupo é conquistada gradativamente e atinge um nível alto ao final dela.

Não existe competição, apenas uma forte relação de interdependência e suporte entre os participantes. Rodas de conversas e trocas de feedback são comuns para refinar o trabalho em equipe e promover o auto-conhecimento.

A locomoção entre acampamentos durante as expedições é feita remando em canoas canadenses ou a pé em caminhadas de longo curso. Escalada em rocha, cachoeirismo, dinâmicas ao ar livre, jogos cooperativos e um trabalho comunitário também fazem parte do programa.

O público alvo do Projeto Azimute são jovens entre 15 e 29 anos em fase escolar do ensino médio, supletivo, EJA ou ETEC. No foco estão os jovens do primeiro ano de ensino médio, grupo que apresenta um alto índice de evasão escolar. O Projeto Azimute possui uma significante ação afirmativa para a inclusão de jovens com deficiência, sendo que uma cota de 5% das vagas será preferencialmente preenchida por eles. Os jovens são mobilizados por meio de parcerias com outras ONGs, escolas da rede pública e CEUs da cidade de São Paulo. A seleção é feita através de um questionário sócio-econômico

Objetivos

  • Colaborar com os jovens no desenvolvimento do seu projeto de vida;
  • Garantir que os jovens reconheçam melhor sua história de vida, suas potencialidades e pontos a desenvolver e elaborem um plano de futuro para os próximos cinco anos;
  • Contribuir para que os jovens desenvolvam competências para a vida e o mundo do trabalho;
  • Inspirar os jovens a se tornarem agentes de transformação social;
  • Garantir que os jovens fortaleçam sua autoconfiança em liderar, demonstrem iniciativa na resolução de problemas em grupo e melhorem sua capacidade de comunicação;
  • Garantir que os jovens reconheçam a importância em conservar o meio ambiente, reconheçam seu potencial para mudar a realidade social em que vivem e experimentem contribuir para o desenvolvimento de uma comunidade.

Duração
A carga horária total é de 110 horas, sendo que estas estão distribuídas entre um período de preparação e a expedição. O período de preparação pode durar entre duas semanas e três meses e consiste de dois encontros semanais no contra-turno. Esses encontros podem ocorrer nas escolas públicas parceiras, nos CEUs, na Represa de Guarapiranga ou em academias de escalada. A duração das expedições varia entre 5 a 9 dias, sempre completando as 110 horas, tendo como destinos a Serra da Mantiqueira e a Represa de Paraibuna.

 

Assine a Newsletter

 * campos obrigatórios
 

Nossa sede no Brasil

Fale com a gente

©2019 Outward Bound Brasil. Todos os direitos reservados.

Pesquisar